Cheias dos rios Pomba e Paraíba afetam mais de 2 mil moradores de Cambuci; governador visita cidade amanhã

Os locais mais afetados foram Funil e Frecheiras. Além do município de Cambuci, o governador visitará Itaperuna, que foi atingida pela cheia do Rio Muriaé

imagens: Prefeitura de Cambuci e grupos de WhatsApp

O governador do Estado, Cláudio Castro, juntamente com o Secretário Estadual de Governo, Rodrigo Bacellar, e o deputado estadual Jair Bittencourt visitarão as regiões Norte e Noroeste Fluminense neste sábado, 15 de janeiro. A comitiva do Estado vai avaliar de perto os danos causados pelas enchentes e articular maneiras de amparar a população dessas regiões.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

O primeiro município a ser visitado pelo governador e sua comitiva será Cambuci. No município, cerca de 2.200 moradores foram afetados pelas cheias do Rio Pomba em Funil e Frecheiras, e pelo Rio Paraíba na cidade de Cambuci e no distrito de Três Irmãos. Cerca de 337 pessoas ficaram desalojadas e 16 desabrigadas.

continua após a imagem

Durante a cheia foram distribuídos 2.000 mil pães, 200 litros de leite, mais de 2.900 litros de água potável, mais de 340 quentinhas e kits de limpeza e higiene pessoal. Para amenizar o impacto causado pelas inundações, a Prefeitura de Cambuci com recursos próprios, adquiriu cestas básicas para doar aos munícipes atingidos.

A iniciativa é coordenada pela Secretaria de Assistência Social e Pela Secretaria de Defesa Civil. Além dos alimentos, serão enviados kits de limpeza. A ajuda humanitária chegará aos munícipes de Funil, Frecheiras, Três Irmãos e Cambuci (sede) que estão em situação de emergência para o atendimento das centenas de pessoas que ficaram desalojadas e para os que ficaram desabrigados.

continua após a imagem (Foto > Juan José Caycho)

Confira vídeos das cheias dos rios no município de Cambuci no nosso Instagram > @sfnoticias. Além de Cambuci, o governador e a comitiva também irão visitar o município de Itaperuna, que foi afetado pela cheia do Rio Muriaé.

VEJA MAIS

VEJA MAIS