segunda-feira , 25 maio 2020

Campos registra 36 novos casos de Covid-19; total chega a 369, sendo 20 mortes Número de casos recuperados já chega a 123. Segundo a Prefeitura, primeiro dia de lockdown, nesta segunda (18), teve boa adesão da população

Número de casos recuperados já chega a 123. Segundo a Prefeitura, primeiro dia de lockdown, nesta segunda (18), teve boa adesão da população

Foto: Secom Campos

Trinta e seis novos casos de coronavírus foram registrados nesta segunda-feira (18/05) em Campos dos Goytacazes, Norte Fluminense. Segundo a Vigilância em Saúde, são dois óbitos: uma mulher de 52 anos com hipertensão e diabetes e um homem de 58, diabético. Dos novos casos, são 16 mulheres e 20 homens com idades entre 28 e 83 anos. Onze relataram comorbidades como diabetes, asma, obesidade e doença cardiovascular. O total de casos no município já chega a 369 – 191 mulheres e 178 homens com idades entre um mês e 91 anos -, sendo 20 mortes. O número de pacientes recuperados chega a 123. Há ainda sob investigação oito óbitos, 113 casos de síndrome respiratória aguda grave (SRAG) e 756 de síndrome gripal (SG). Até o momento, 55 casos foram descartados. O município iniciou o lockdown nesta segunda-feira (18) e segundo a Prefeitura, o primeiro dia teve boa adesão da população. (continua após a publicidade)

Segundo o subsecretário geral de Governo e membro do Gabinete de Crise para enfrentamento ao novo coronavírus, Fábio Bastos, alguns estabelecimentos que não podem funcionar, de acordo com o Decreto 100/2020, foram encontrados abertos nesta segunda (18), assim como algumas pessoas transitavam nas ruas em desacordo com as autorizações do Decreto. As equipes pela cidade encontraram 90% dos estabelecimentos de acordo com o Decreto Municipal, enquanto 10% de estabelecimentos foram orientados a fechar. “O lockdown é algo novo e estamos orientando as pessoas. Ainda que, neste primeiro dia, tenhamos encontrado estabelecimentos funcionando incorretamente e pessoas transitando em vias públicas indevidamente, foi visível a redução de pessoas nas ruas dos bairros e principalmente no Centro da cidade, assim como a compreensão geral nas abordagens que tiveram caráter pedagógico. Precisamos achatar a curva da doença em nossa cidade. A velocidade com que os casos aumentaram na última semana nos preocupa. Já temos uma média de um óbito por dia com confirmação da covid-19. Se cumprirmos o isolamento, como deve ser, em breve teremos uma redução dos novos casos” – destacou.

Mais do SFn