Campos monitora 4 pacientes com dupla infecção por Covid e Influenza; um paciente está internado

Todos estão sendo orientados e não há sinais de gravidade até o momento

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) está monitorando desde quarta-feira (5), quatro casos de infecção dupla por Influenza A e Coronavírus, conhecida como Flurona. São três pacientes em isolamento domiciliar e um internado. Todos estão sendo orientados e não há sinais de gravidade até o momento.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

O Departamento de Vigilância Epidemiológica do município está realizando o monitoramento dos casos, porém, a Cepa causadora da infecção ainda não foi identificada. Essa análise é realiza pelo Laboratório Central Noel Nutels (LACEN-RJ) e Instituto de Biodiversidade e Sustentabilidade NUPEM/UFRJ de Macaé. A secretaria reforça a necessidade de uso de máscara, higienização das mãos e distanciamento social neste momento de crescimento de casos de Influenza. Essas medidas são válidas para evitar infecção por gripe e Covid, pois ambas ocorrem por vias respiratórias.

“Estamos aguardando alguma mudança na forma de abordagem para a pandemia de Covid-19 e essa nova epidemia de Influenza por parte do Ministério da Saúde e da Secretaria de estado de Saúde (SES). Ainda não recebemos qualquer tipo de recomendação específica para lidar essas duas viroses”, explica o diretor de atenção Básica e infectologista, Rodrigo Carneiro acrescentando que o município dispõe de locais para atendimento de síndrome gripais onde acontecem a triagem, exames e encaminhamento para atendimento médico, se necessário.

Para dar fluidez ao atendimento de síndrome gripal, a atual gestão adequou, na semana passada, o protocolo municipal e atualmente é realizado atendimento para Covid-19 e Influenza nos mesmos locais. Caso os sintomas gripais não melhorem após uso de analgésicos e antitérmicos, a população deve buscar atendimento no Centro de Saúde de Guarus (CSU), na UBSF Patronato São José, UBS da Penha, e na Escola Municipal de Farol de São Tomé, situada na Avenida Pinheiro Machado, nº 956, no bairro Rádio Velho.

Nesses centros, o atendimento começa às 9h. No caso da escola do Farol, é exclusivo para triagem e testagem. Havendo necessidade de atendimento médico, o paciente será encaminhado à Unidade Pré-Hospitalar (UPH) da praia, que atende os casos mais graves, assim como a UPH Saldanha Marinho, UPH Ururaí, UPH Travessão, UPH Guarus, UPH Santo Eduardo, além da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e Hospital São José (HSJ).

VEJA MAIS

VEJA MAIS