Câmeras registram Onça-parda, Jaguatirica, Cachorro-do-mato e outros animais na Mata do Posto, em Cordeiro

A Onça-parda é o segundo maior felino do continente americano, e está ameaçada de extinção pelo avanço da ação humana. Esse é o terceiro registro feito da espécie em cidades da nossa região nos últimos dias

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

Câmeras de armadilhas fotográficas instaladas na Área de Proteção Ambiental Municipal da Mata do Posto Zootécnico, em Cordeiro, na Região Serrana do Rio, continuam fazendo belos registros da vida animal. Dessa vez, entre as espécies capturadas pelas câmeras está a Onça-parda (puma concolor), segundo maior felino do continente americano, animal que está ameaçado de extinção pelo avanço da ação humana, principalmente de caçadores, em seu habitat natural (veja o vídeo no final).

Os registros não pararam por aí! As câmeras do “Projeto Aventura Animal” também flagraram um Cachorro-do-mato, Caxinguelê, uma Jaguatirica, Jacu, Paca, entre outros. No mês passado as câmeras já haviam registrado um sagui-da-serra-escuro e outros diferentes pássaros. O projeto, que começou em janeiro desse ano, idealizado pelo ambientalista Juran Santos com apoio do Franco Estebanez, favorece o conhecimento biológico do bioma da Mata Atlântica no centro urbano de Cordeiro, e as imagens são importantes ferramentas para a conscientização da população quanto aos cuidados com a fauna e flora da região. As imagens proporcionam um importante registro da fauna local.

Ao SF Notícias, Juran Santos informou que o registro da onça foi feito há cerca de três semanas, e que o objetivo do projeto é catalogar as espécies que vivem na área da APA de Cordeiro, para se ter um registro de toda fauna da Mata do Posto. Ainda de acordo com Juran, o monitoramento deve durar um pouco mais de um ano, e no final, o projeto será publicado em uma revista científica. O monitoramento feito por eles já vem proporcionando registros espetaculares. O Projeto Aventura Animal também acontece no Caledônia, em Friburgo, em Bom Jardim e em Santa Maria Madalena.

continua após a imagem

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Cordeiro abraçou a iniciativa dos idealizadores, e de acordo com a Prefeitura, será criado um catálogo físico e digital destinado aos alunos da rede de ensino municipal e ao público em geral. O trabalho executado pela gestão da APA conta com a colaboração de parceiros, proprietários e moradores da região, empresas, comércio e Prefeitura de Cordeiro. O objetivo é que sejam instaladas mais câmeras.

Esse é o terceiro registro de uma Onça-parda feito em cidades da região nos últimos dias. No dia 30 de julho uma onça morreu, ao que tudo indica atropelada, na RJ-158 em São Fidélis. No mesmo mês uma onça foi flagrada em dois pontos do Parque Estadual dos Três Picos (PEPT) em Nova Friburgo. Para o gestor do Parque Estadual do Desengano, Carlos Dário, esses últimos registros nos dão duas conclusões que são paralelas e ao mesmo tempo se encontram lá na frente.

“A primeira é que que as unidades de conservação estão dando condições pra que esses animais sobrevivam e cheguem até a idade adulta. O outro ponto é que o território dessas unidades está se tornando pequeno para sobrevivência da espécie. Com isso, a espécie acaba saindo das unidades e procurando as áreas urbanas circunvizinhas às unidades de conservação”.

Carlos disse ainda que esses últimos registros também funcionam como um bio-indicador da qualidade dos parques da região, como o Parque Estadual do Desengano e o Parque Estadual dos Três Picos, ou seja, um indicador natural de que os parques estão com alto grau de conservação.

https://www.instagram.com/tv/CSNT-8JgyEP/?utm_medium=copy_link

VEJA MAIS

VEJA MAIS