Cambuci e Itaocara são certificadas pelas Nações Unidas por compromisso com Redução do Risco de Desastres

O documento é conferido aos municípios inscritos no programa “Cidades Resilientes”. Dos 5.570 municípios brasileiros somente 692 foram certificados pela Organização das Nações Unidas até o momento

Representantes da Coordenadoria Regional de Defesa Civil do estado, a REDEC Noroeste, entregaram aos prefeitos de Cambuci e Itaocara, certificados de cidades comprometidas com a Redução do Risco de Desastres (UNDRR). Os dois municípios foram certificados pelo escritório da Organização das Nações Unidas (ONU). 

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

O tenente-coronel Joelson Oliveira e o major Leandro Paiva entregaram os certificados ao prefeito de Cambuci, Marquinho da Venda, e ao secretário de Defesa Civil Tony Salles. Já em Itaocara, o certificado foi entregue ao prefeito Geyves Maia Vieira e ao secretário de Defesa Civil, o Mauro Teixeira.

O documento é conferido aos municípios inscritos no programa “Cidades Resilientes”, cujo propósito é fomentar as condições de enfrentamento às situações de emergência causadas por desastres naturais. Dos 5.570 municípios brasileiros somente 692 foram certificados pela ONU, até o momento. Segundo a prefeitura de Itaocara, o município se compromete a adotar medidas necessárias nos campos estrutural, institucional, de planejamento e de gestão de riscos, bem como de organização social, para se tornar, de fato, capaz de se adaptar constantemente e de responder à altura aos desafios de uma cidade em crescimento.

O prefeito Geyves destacou a importância do programa, sobretudo diante das transformações climáticas e o crescimento populacional. “É muito importante entender a velocidade com que as dificuldades ambientais se apresentam e como isso coloca em risco a segurança das pessoas. Enfrentar os problemas decorrentes da própria topografia do Município nos impõe buscar condições para que possamos prevenir acidentes e, uma vez que eles ocorram, termos a capacidade de socorrer os cidadãos da maneira mais rápida possível”, disse o prefeito de Itaocara.

VEJA MAIS

VEJA MAIS