Bruno Boaretto renuncia ao cargo de prefeito e Macuco passa a ter a primeira mulher prefeita da história

Bruno estava em seu segundo mandato como prefeito de Macuco, e na última eleição, em 2020, foi o único candidato a prefeito do município. Com a renúncia , em virtude da tentativa de uma pré-candidatura no pleito eleitoral no mês de outubro, a vice-prefeita Michelle Bianchini assumiu a missão de conduzir os rumos da cidade

No último dia 31 de março, no Macuco Rural Park, o então prefeito Bruno Boaretto, para fazer, segundo suas próprias palavras, uma justificativa necessária àqueles que são os verdadeiros responsáveis por sua entrada e ascensão na vida pública –, explicou os motivos que o levaram à renúncia ao cargo. Bruno Boaretto deve lançar sua pré-candidatura ao cargo de deputado nos próximos dias.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

Em sua despedida, Bruno recebeu homenagens de familiares, moradores e servidores públicos. Os nove vereadores do município lhe entregaram um quadro com um texto ressaltando sua liderança. Bruno estava em seu segundo mandato como prefeito de Macuco, e na última eleição, em 2020, foi o único candidato a prefeito do município.

Sobre a renúncia, Bruno arrancou aplausos justificando se tratar de uma causa nobre e abrangente em defesa das causas do interior, há tempos carente de um legítimo representante. “Tenho vocação para a política e a utilizo como instrumento para melhorar a vida das pessoas. A hora é agora, vamos atravessar o estado, contar nossa história de sucesso e projetar dias melhores, pois talvez não tenhamos outra oportunidade. Vamos fazer nossa voz ecoar para que a nossa região seja ouvida. Raiz, essência de família, respeito, humildade e raça”, concluiu Boaretto.

Com a renúncia de Bruno, quem assume a prefeitura de Macuco é a vice-prefeita, Michelle Bianchini, que passa a ser a primeira mulher a ser prefeita da história de Macuco. O município talvez seja, aquele que mais evidencie esse marco da conquista feminina no território fluminense. Durante a solenidade de posse – realizada no Rural Park, conduzida pelo presidente do Poder Legislativo Julio Badini e demais parlamentares e acompanhada por centenas de macuquenses –, Michelle confirmou seu carisma e sua aprovação popular em dois momentos distintos: no primeiro ao ser recebida de pé e ovacionada pelo público. Depois pelo ex-prefeito Bruno, que em meio à euforia e saudação da plateia, declarou sua total confiança no sucesso do trabalho da nova mandatária.

continua após a imagem

No momento mais aguardado da noite, após fazer seu juramento de posse, Michelle Bianchini iniciou sua fala louvando a Deus, agradecendo à família e relembrando ter sido a primeira mulher de Macuco a ser eleita vice-prefeita e agora conduzida legitimamente ao cargo de prefeita. “Faltam palavras para descrever essa honra”, relatou a nova prefeita, acrescentando que orou incessantemente para agir com sabedoria e poder desenvolver uma gestão à altura dos anseios populares.

“Não poderia falar sem reverenciar a memória do meu pai, que era tudo para mim. Dedico esses momentos a ele! Minha gratidão eterna ao ex-prefeito Bruno pela confiança; aos meus filhos, esposo João Vítor e demais familiares pela sensibilidade e paciência; ao meu saudoso Tio Rogério, exemplo, mentor e incentivador; e, principalmente, ao povo macuquense, sem o qual não seria possível vivenciar esses momentos tão inesquecíveis. Sei que a responsabilidade é imensa, mas com coragem e fé venceremos”, concluiu a prefeita.

VEJA MAIS

VEJA MAIS