terça-feira , 22 setembro 2020

Bolsonaro prorroga auxílio emergencial por mais 4 meses; parcelas serão de R$ 300 Anúncio foi feito após reunião do presidente com ministros e parlamentares aliados

Anúncio foi feito após reunião do presidente com ministros e parlamentares aliados

Foto: reprodução

O presidente Jair Bolsonaro informou, na manhã desta terça-feira (01/09), que o auxílio emergencial será prorrogado até o fim do ano com parcelas de R$ 300. A prorrogação foi anunciada em uma coletiva de imprensa após reunião do presidente com ministros e parlamentares aliados no Palácio da Alvorada. “O valor como tínhamos dizendo, R$ 600 é muito para quem paga, no caso o Brasil. Podemos dizer que não é um valor suficiente muitas vezes para todas as necessidades. Mas basicamente atende”, disse o presidente. (continua após a publicidade)

O benefício será prorrogado por medida provisória até o final do ano. Segundo o presidente, o valor definido de R$ 300 é um pouco superior a 50% do Bolsa Família. O auxílio emergencial foi criado em abril com objetivo de ajudar trabalhadores informais que foram afetados pela pandemia da Covid-19. Inicialmente seriam apenas três parcelas de R$ 600, mas o auxílio foi prorrogado por mais duas parcelas de R$ 600 e agora sofre uma segunda prorrogação, com mais quatro parcelas de R$ 300.

Mais do SFn