Bebê é transferido de São Fidélis para hospital em Campos com quadro de pneumonia grave

Transferência aconteceu na tarde desta quinta-feira (02). Bebê foi transferido para uma UTI pediátrica

Com as mudanças no clima relacionadas às estações como outono e inverno, aumentam os atendimentos hospitalares de casos de síndrome gripal, principalmente em crianças e idosos, grupos mais vulneráveis às infecções. Nesta quinta-feira (03/06) um bebê foi transferido do Hospital Armando Vidal, em São Fidélis, para um hospital particular em Campos. O bebê apresentava um quadro grave de pneumonia.

“Como a criança tinha plano de saúde, conseguimos transferi-la para a UTI pediátrica da Unimed. É um quadro de pneumonia mais grave. A princípio não se pensou em nenhuma pneumonia atípica, nada disso mais resistente como foi o primeiro caso daquela criança” – informou o diretor clínico do Hospital Armando Vidal e diretor da Secretaria de Saúde, Dr. Antônio Rodrigo, lembrando o caso de um menino de 04 anos que morreu com suspeita de infecção bacteriana grave em maio.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

Ainda segundo o médico, quando há um achado importante a nível infeccioso, o fato é comunicado a Vigilância do município, mas até o momento o caso não é tratado como uma “investigação”. “Se durante o tratamento eles suspeitarem (de algo atípico), eles fazem a notificação” – informou.

Segundo a Biblioteca Virtual em Saúde do Ministério da Saúde, a Pneumonia é uma infecção que se instala nos pulmões e “basicamente são provocadas pela penetração de um agente infeccioso ou irritante (bactérias, vírus, fungos e por reações alérgicas) no espaço alveolar, onde ocorre a troca gasosa. Esse local deve estar sempre muito limpo, livre de substâncias que possam impedir o contato do ar com o sangue”. Diferentes do vírus da gripe, que é altamente infectante, os agentes infecciosos da pneumonia não costumam ser transmitidos facilmente.

VEJA MAIS

VEJA MAIS