Autorizados a reabrir, igrejas, restaurantes e academias de Pádua devem reduzir capacidade de lotação a 30%

Segundo o novo decreto, bares, lanchonetes e estabelecimentos congêneres estarão autorizados a reabrir a partir do dia 30
Fotos: Paróquia Santo Antônio

Conforme anunciado pelo prefeito de Santo Antônio de Pádua, Josias Quintal, em uma transmissão ao vivo realizada na terça, os templos religiosos, restaurantes e as academias, centros de ginástica e similares, estão autorizados a reabrir no município. Entretanto, os estabelecimentos autorizados a funcionar, deverão seguir algumas recomendações previstas no Decreto Nº 076/2020. Deverá ser adotada a restrição a 30% de suas capacidades de lotação além de adotadas medidas de prevenção à disseminação da Covid-19, como garantir o fornecimento de equipamentos de proteção individual aos empregados, consumidores, colaboradores, terceirizados e prestadores de serviço, como o uso de máscaras faciais e higienização regular e periódica de mãos, balcões e caixas, com álcool em gel 70%; além de adotar medidas de contenção do acesso ao interior do estabelecimento com vistas a manter o distanciamento entre cada cliente ou frequentados. (continua após a publicidade)

Nas redes sociais, a Paróquia Santo Antônio (Igreja Matriz), divulgou algumas medidas que serão adotadas para a primeira missa com a presença de fiéis após meses, a ser realizada nesta quinta-feira (16). Além da redução da capacidade de lotação, a paróquia instalou dispenser com álcool em gel, e sinalização orientando os fiéis a manter o distanciamento nos bancos e outros pontos da igreja. O decreto prevê ainda que bares, lanchonetes e estabelecimentos congêneres estarão autorizados a funcionar a partir de 30 de julho. Até a tarde desta quarta, o município contabilizava 552 casos de coronavírus, sendo que 401 pessoas se recuperaram e outros sete paduanos morreram. O novo decreto pode ser conferido na íntegra AQUI.

VEJA MAIS

VEJA MAIS