quinta-feira , 29 outubro 2020

Área de Preservação Permanente é desmatada em Itaperuna O proprietário do sítio não foi encontrado pelos policiais ambientais

O proprietário do sítio não foi encontrado pelos policiais ambientais

Fotos: Polícia Ambiental

Mais uma Área de Preservação Permanente foi desmatada na Região Noroeste Fluminense. Dessa vez, no Sítio Limeira na localidade de Retiro do Muriaé, em Itaperuna. De acordo com a 3ª Unidade de Polícia Ambiental do Parque Estadual do Desengano (3ª UPAm), uma guarnição foi até o município para verificar uma denúncia de desmatamento feita através da Mov-Rio.

Ao chegarem ao local, os policiais constataram o corte de árvores e arbustos com características de nativa e algumas frutíferas em estágio inicial e médio de regeneração, em uma área de aproximadamente 10.000 M². O terreno fica em uma Área de Preservação Permanente (APP) por está a menos de cinco metros de um curso d’ água.

O proprietário do sítio não foi encontrado. O caso foi registrado na 143ª Delegacia Legal de Itaperuna. O terreno será periciado pela Polícia Civil. Baixe agora o aplicativo do SF Notícias no seu celular! https://goo.gl/w4WvaY.

Mais do SFn