Após acidente com morte de atleta, motorista é indiciado pela Polícia Civil: van estava com pneu careca e porta amarrada com cordas Van transportava a equipe feminina de futsal do New Macaé

Van transportava a equipe feminina de futsal do New Macaé

Fotos: arquivo pessoal / leitor / PRF

O motorista da van que transportava a equipe feminina de futsal do New Macaé foi indiciado por homicídio culposo e lesão corporal. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da Polícia Civil. Cerca de 18 meninas estavam na van que tombou na manhã deste domingo (21/05) no km 266 da BR-101 sentido Niterói, em Rio Bonito.

Segundo a Autopista Fluminense, além da atleta Lívia Oliveira de 19 anos, que morreu na hora, outras 11 pessoas ficaram feridas, sendo uma em estada grave e outra moderada. Três delas foram socorridas pela concessionária e seis por populares.

O veículo estava em péssimas condições de uso, foi o que apontou o boletim da Polícia Rodoviária Federal (PRF). A van estava com o pneu traseiro careca e a porta traseira amarrada com cordas. O condutor não tinha curso específico para transporte de passageiros.

Baixe agora o aplicativo do SFn no seu celular!https://goo.gl/w4WvaY.

Mais do SFn