Ambiental resgata pássaros e apreende arma e cartuchos em Trajano de Moraes

Pássaros eram mantidos em cativeiro e foram resgatados após o Programa Linha Verde ter recebido uma denúncia

Policiais ambientais aprenderam uma espingarda, quatro cartuchos, seis gaiolas e resgataram seis pássaros da fauna silvestre brasileira que eram mantidos em gaiolas no município de Trajano de Moraes. O fato ocorreu após os agentes terem ido averiguar uma denúncia encaminhada ao Programa Linha Verde, o Disque Denúncia voltado para meio ambiente, sobre caça ilegal de animais na localidade conhecida como Humaitá.

Segundo o Disque Denúncia, os policiais contaram que o alvo da denúncia negou a prática de caça predatória, e informou que após a morte de seu pai, tomava conta de dois trinca ferros, dois tico ticos e dois coleiros, e que possuía uma espingarda de calibre 32 e quatro cartuchos intactos do mesmo calibre. Diante dos fatos e tendo como base o artigo 29 da lei de crimes ambientais, já que ele não possuía nenhuma documentação para manter os pássaros em cativeiro, as aves foram apreendidas, da mesma forma que a arma de fogo, já que estaria em desacordo com o artigo 12 da lei 10.826/2003.

O Linha Verde reforça a solicitação para que a população continue denunciando crimes ambientais em todo o Estado do Rio através dos telefones 0300 253 1177 (custo de ligação local) e (21) 2253 1177, além do APP “Disque Denúncia RJ” disponível para celulares. Por essa modalidade, o denunciante pode enviar fotos e vídeos, com a garantia do anonimato. É possível denunciar também através da página do Linha Verde no facebook, www.facebook.com/linhaverdedd ou ainda pelo site do Disque Denúncia (www.disquedenuncia.org.br). Lembrando que em todos os canais, o anonimato é garantido ao denunciante.

VEJA MAIS

VEJA MAIS