Águas do Rio vai operar a partir do dia 1º em Aperibé, Cambuci, Cantagalo, Cordeiro, Itaocara e S. S. do Alto

Concessionária também será responsável pelos serviços de água e esgoto em Duas Barras, Miracema e São Francisco de Itabapoana

A concessionária Águas do Rio, que será responsável pelos serviços de água e esgoto em 124 bairros da capital e em outros 26 municípios do estado, assumirá os serviços no dia 1º de novembro. A decisão garante a antecipação de investimentos diretos no estado: segunda parcela da outorga de R$ 2,3 bilhões, além dos R$ 10 bilhões já pagos na assinatura do contrato e início das obras de infraestrutura que beneficiarão cerca de 10 milhões de pessoas.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

“Resolvemos antecipar a entrada da Águas do Rio porque percebemos que a empresa está madura para assumir o desafio e isto vai antecipar os investimentos em melhorias para a população, que é o mais importante de todo este processo de concessão”, afirmou o governador Cláudio Castro.

Desde maio, a Águas do Rio se prepara para assumir a operação plena. A empresa investiu R$ 10 milhões no Centro de Operações Integradas (COI), que é um dos mais modernos no segmento de saneamento básico no país. As contratações de funcionários já estão em andamento, priorizando a mão de obra local, e até o fim do mês serão mais de 1.600 novos colaboradores, com previsão de chegar a 5 mil empregos diretos em dezembro e outros 15 mil indiretos ao longo da operação.

“A Águas do Rio está pronta para assumir esse desafio. Temos desafios grandes como despoluir a Baía de Guanabara e resolver problemas como a falta de água. Vamos apresentar à população um novo conceito de empresa de saneamento no estado do Rio de Janeiro”, afirmou o presidente da Águas do Rio, Alexandre Bianchini, antes de apresentar o COI ao governador.

O espaço já monitora, em tempo real, mais de mil pontos de distribuição de água e a previsão é de que outros 2 mil sejam instalados em locais estratégicos dos sistemas. Ele dispõe de softwares e equipamentos automatizados capazes de analisar inúmeras variáveis, como pressão, vazão, temperatura, energia e produtos químicos, otimizando a gestão dos sistemas de água e esgoto.

VEJA MAIS

VEJA MAIS